Breve História da Coenzima Q10

Breve História da Coenzima Q10Parece que a descoberta da Coenzima Q10 não foi acidental como o foi a descoberta da penicilina. Olhando para a história da Coenzima Q10, é patente uma determinada evolução da investigação no sentido de se compreender melhor os mecanismos celulares que produzem energia nas nossas células.

Recuando a 1954, o Professor R. A. Morton e colegas, na Grã-Bretanha, realizaram vários estudos sobre uma substância lipossolúvel, pouco conhecida, presente em tecidos animais, p. ex., no tecido intestinal do cavalo, no tecido hepático do rato e no tecido de diversos órgãos do porco. Embora tivessem feito grandes avanços, os investigadores britânicos não conseguiram identificar completamente a substância.

Podemos viver mais tempo com Q10?

Podemos viver mais tempo com Q10?Cerca de 40% das mortes nos Estados Unidos poderiam ocorrer em idade mais avançada. Os centros para a Prevenção e Controlo da Doença (CDC), em que os investigadores previam que as mortes em cinco categorias podiam ocorrer em idade mais avançada, se as pessoas tomassem algumas medidas. Uma destas medidas seria tomar um suplemento diário com Q10 de elevada absorção.

Cinco causas de morte

O relatório centrava-se em cinco causas de morte prematura que poderia ser "adiada" se as pessoas seguissem determinadas orientações de bom senso. As causas de morte apresentadas no relatório dos CDC são doença cardíaca, cancro, doenças respiratórias crónicas, AVC e lesões involuntárias.

Quão "biodisponível" é o seu Q10?

Quão "biodisponível" é o seu Q10?Muito bem! Em primeiro lugar, há que definir "biodisponibilidade". Ora, a biodisponibilidade diz-nos que quantidade de um fármaco ou de uma substância é realmente absorvida no intestino delgado, e daí passa para o sangue e, depois, para os tecidos. Por outras palavras, a biodisponibilidade dá-nos uma ideia de quanto da substância, pela qual pagámos bom dinheiro, é absorvido e está disponível para ter um efeito benéfico no nosso organismo.

Q10 difícil de absorver

Q10 não é uma substância de fácil absorção. Tem um peso molecular elevado. É lipofílica. É muito difícil dissolver Q10 na água. Ao longo dos anos, tornou-se necessário fazer muitas tentativas para aumentar a biodisponibilidade dos preparados de Q10.

Foram tentadas várias técnicas como, por exemplo:

  • redução do tamanho
  • dispersão sólida
  • ionização
  • utilização de lipossomas e nanopartículas e nano-emulsões e outros sistemas emulsionadores como veículos de Q10.

Mais energia com Q10!

Mais energia com Q10!Anda sempre de um lado para o outro. Consome imensa energia durante o dia. Sabe, certamente, que o organismo produz algo chamado ATP (adenosina trifosfato) nas células e que utiliza a ATP para gerar energia. Contudo, as células produzem e armazenam apenas uma determinada quantidade de ATP. Com grandes esforços, estas reservas de ATP esgotam-se rapidamente.

E a que propósito vem a Coenzima Q10? Primeiro que tudo, é uma substância lipossolúvel que se sintetiza no organismo, num processo multifásico complicado que precisa da disponibilidade ideal de várias vitaminas, muito particularmente da vitamina B6.

Estudos de investigação mostraram dois factos que devemos estar cientes: 1) a produção de Q10 diminui com o avançar da idade, e 2) à medida que envelhecemos, mais difícil se torna obter Q10 suficiente nos alimentos que ingerimos.

Q10 ajuda a combater infecção das gengivas

 

Q10 ajuda a combater infecção das gengivasSabia que o Q10 quando tomado como suplemento pode impedir o sangramento das gengivas e em alguns casos ajudar a que alguns dentes mais soltos voltem a ficar mais fixos no osso mandibular? O Q10 é um antioxidante potente que protege as células no tecido gengival. Além disso, melhora a microcirculação nas gengivas.

Níveis baixos de Q10 podem provocar depressão

 

Níveis baixos de Q10 podem provocar depressãoAlgumas pessoas que tomam estatinas para diminuir o colesterol podem sofrer de depressão devido ao facto dos medicamentos diminuírem os níveis de Q10, uma substância muito importante para a produção de energia celular. Os suplementos de Q10 tomados juntamente com a medicação podem prevenir este efeito secundário.

healthandscience.eu

Simmerstedvej 201
DK 6100 Haderslev
CVR DK17643347